Institucional Consultoria Eletrônica

Recadinho: consumidor ou não consumidor?


Publicada em 11/09/2017 às 09:00h 

 

"Cautela e caldo de galinha não faz mal a ninguém", diz o velho ditado. 

 

E eu creio muito neste "ditadinho'. 

 

Logo acredito que, nestas horas de turbulência econômica, necessitaremos de muita cautela. Principalmente neste final de ano.

 

Sei que não podemos parar o consumo. 

 

Sei que ao parar o consumo a economia decresce. Sei que com isso pode haver uma "brutal' recessão. Sei de tudo...  

 

Mas consumir com cautela não fará mal a ninguém... Muita cautela!

 

Sem supérfluos... 

 

Eis a pergunta: O que são supérfluos?

 

Bem, isso cada um de nós deverá pensar e responder... Algo para mim pode ser desnecessário para o momento e para "você" poderá ser super necessário... Cada um deverá pensar e decidir.  

 

Não deixaremos de consumir o necessário para a nossa sobrevivência. Nem para o nosso lazer, mas sempre pensando no termo: cautela. Muita cautela!

 

Com isso , acredito eu, poderemos ultrapassar todos os obstáculos ... Obstáculos que podem estar logo ali...  

É só um "recadinho"... 

 

Por David Iasnogrodski 


 





Sobre o(a) colunista:



David Iasnogrodiski (DUDI) é formado em Engenharia CiviL, Administração de Empresas e Administração Pública pela UFRGS. Professor universitário e da ADVB/RS, já publicou OBRIGADO PORTO ALEGRE, MEU BOM FIM BRASILEIRO, ATENDIMENTO 10 – A FÓRMULA DO SUCESSO (Imprensa Livre, A MARCA É QUE MARCA, A MODERNA RELAÇÃO MARKETING E VENDAS e ROTEIRO DE SONHOS. É colaborador do Jornal do Comércio (POA), dos sites: mmcontabilidade.com.br, imprensalivre.net, gramadosite.com, glorinhacohen.com.br, ricardoorlandini.net e colabora com diversos jornais alternativos de Porto Alegre. É integrante da Associação Gaúcha de Escritores (AGEs), membro da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias (ABEPL).



Veja as matérias na seção 'Artigos'.
M&M Assessoria Contábil Ltda Telefone
Av. Assis Brasil,6656/1º andar - Bairro Sarandi (51) 3349-5050
Porto Alegre/RS.  
Vai para o topo da página Telefone: (51) 3349-5050